domingo, 29 de maio de 2011

Blogueiro sofre ameaças de prefeito

Ainda bem que moro em Riacho da Cruz/RN!

Aqui é diferente!

video

Ponto de vista: Supremacia

Web-leitor comentando sobre: Refletindo a supremacia municipal:

"Cidadãos Riachocruzenses resignados a um governo oligárquico [...] comandado pela família Rego, iniciado pelo senhor Vilene Rego, logo mais sua sobrinha Bernadete Rego, atualmente Marcos Aurélio, e na próxima a esperta, [...] Bernadete pretende voltar. Diante dessa situação triste, da para perceber o quanto as pessoas se acomodaram a essa situação, alguns por falta de informações, outros por benefício próprio, seria hipocresia se dissesse que os governantes não fizeram um bom trabalho na pequena Riacho da Cruz [...]. Bom seria se as pessoas passassem a enchergar que se não abrirem espaço para outros partidos e outras pessoas com ideais diferentes governem a pequena cidade, jamais saberão como é ter a prefeitura longe da mão da família Rego, como é escolherem por si só seus vereadores, como é deixá-los escolherem entre si, quem vai omandar a Câmara Municipal, jamais saberão escolher vereadores competentes, com serviços prestados, capazes de continuar lutando pelos interesses dos Riachocruzenses sem levar em conta sua condição como eleitor e sim de ser humano. Deixando claro que independente de governo esses cidadãos precisam despertar seus interesses políticos, assim como é dever de toda associação política ser responsável pela conservação dos direitos naturais e imprescritíveis do homem, nós também somos, principalmente responsáveis em observar se isso está sendo cumprido. Foi nos dado o direito de escolher os candidatos a cargos letivos, e são eles que cuidam de nossos interesses, então nos cabe a obrigação de vigiar, de entender e principalmente de cobrar dessas pessoas. *A voz que não quer calar."

De José Agripino a Rede TV

Em meio à crise interna do DEM, que vem perdendo quadros para o PSD, o presidente da legenda, o senador José Agripino Maia (DEM - RN), não descarta a possibilidade de que o partido se funda ao PSDB à médio prazo. Para Agripino, a nova legenda que está sendo criado pelo prefeito de São Paulo servirá para fortalecer um projeto político particular de Gilberto Kassab. "O prefeito Kassab e outros políticos que saíram do DEM para o PSD trocam gentilezas com o governo. Cadê o discurso inflamado de oposição que tinham meses atrás?", questiona o senador. Nesta entrevista, Maia avalia que seu partido, que até 2007 se chamava PFL (Partido da Frente Liberal), não deveria ter trocado de nome para Democratas. "Quem tem história é o PFL, quem defendeu a transição democrática na ditadura foi o PFL, quem combateu a carga de impostos foi o PFL", argumenta. Ele acredita que a sigla DEM perdeu prestígio após o "mensalão do DEM", esquema de corrupção comandado pelo ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda.

Ponto de vista

Web-leitor comentando Legislativo de Riacho da Cruz:

"Em relação a Câmara Municipal de Riacho da Cruz, acho que os vereadores daquela casa legislativa tratam o povo como no tempo do meu avô, ou até mesmo do meu pai, que por sinal foi um dos primeiros vereadores da cidade. Cara acho se vocês que são de uma geração mais nova, geração essa que não comunga com os pensamentos da elite (Capitania Hereditária) do município, se vocês jovens não fizerem nada para mudar essa situação, isto é ficar de braços cruzados, a coisa vai continuar como está."

Nota - Nobre web-leitor, é gratificante publicar seu comentário e, aqui, refletí-lo. É fato a inércia do legislativo em Riacho, causa-nos vergonha e até me sinto repetitivo. Conta-se nos dedos as poucas sessões ordinárias [que os próprios vereadores (nem todos, claro) chamam de reunião] que tivemos esse ano. Lastimável. Só acontecem ainda algunas sessões extraordinárias porque estas visam aprovar de imediato projetos do executivo. O blog O Mural de Riacho da Cruz iniciou uma série de entrevista com os parlamentares de Riacho. A primeira foi com Giordano Freitas (PV) que voltou suas palavras para apresentar a proposta do executivo. Riacho desaprendeu o que é legislar, o que é ser vereador. A grande maioria que está na Câmara hoje não sabe, talvez, as prerrogativas basilares de sua função.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Legislativo de Riacho da Cruz

Quando uma imagem vale mais que mil palavas...


Plenário vazio

Tem sido assim a atual gestão do Sr. Uberlane Sá (DEM) a frente da Câmara Municipal de Riacho da Cruz - CMRC. Desde que tomou posse, aos 25 de fevereiro deste, o poder legislativo tem se reunido pouquíssimas vezes. Talvez não haja tanta necessidade das sessões na casa, haja vista a perfeita ordem pública com a qual a administração se mostra, o que creio ser equívoco, difundindo uma faceta errônea.

É essencialmente importante para qualquer município, por menor que seja, as sessões ordinárias e extraordinárias nas Câmaras Municipais. Contudo, a falta de sessões ordinárias na Câmara de Riacho da Cruz me remete aos discursos proferidos na posse do atual presidente.

Enquanto o presidente eleito e empossado [mas que não atua?] comprometia-se com a adminitração da casa e se dizia mais preparado, pois já não está no primeiro mandato, seu vice-presidente, Jozé Neto (DEM), lembrava que faltava [e ainda falta] ordem na Câmara. Em suas palavras, o vice-presidente disse que os funcionários, agora, deveriam trabalhar, pois antes não o faziam.

O discurso da ex-prefeita Maria Bernadete (DEM) voltou-se a dizer em alto e bom tom: "não existem negociatas entre o poder executivo e o legislativo de Riacho!" 

Eu, humildemente, creio que negociatas existem sim entre executivo e legislativo em Riacho! Se não houvesse nenhum tipo de entendimento entre os dois poderes nesse sentido, talvez, pelo menos, houvesse as sessões ordinárias, mas o que observamos é que de algum modo tácito a Câmara segue sua tradição de auto-exclusão popular, agora mais aguçadamente, além de sua subserviência ao poder executivo.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Quarteto fantástico x fantástico

Sabem aquele filme do quarteto fantástico...




Bem, esse grupo aí, com seu restante vem despancando o tão glorioso fantástico da globo... De um lado, o fantático, da Rede Globo; do outro, o quarteto fantástico da Rede TV.


Façam suas escolhas!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Vereadores, atenção!

Parada não remunerada!



A passagem foi presente da esposa e a hospedagem é por conta de amigos.

Vou passar alguns dias sem atualizar o blog para poder realizar um grande sonho de minha vida e assistir um dos maiores espetáculos do futebol mundial.

Retorno dia 04 de junho.

Até lá.

Nota: como minha viagem é estritamente pessoal, apresentei requerimento ao presidente da Câmara Municipal de Mossoró solicitando que minhas faltas no plenário sejam descontadas de meu salário.
Nota - O texto acima foi extraído do blog do vereador Lairinho Rosado, de Mossoró. E se Riacho se fosse assim... Isso me faz pensar o descaso que a Câmara de Riacho da Cruz tem consigo mesma... Há pelo menos um mês não tem sessão por lá! Será que não há assuntos a serem debatidos na cidade? Estamos na Cidade perfeita? Por que não há sessões a tanto tempo na Câmara de Riacho da Cruz??

O mundo e nós















Refletindo a "supremacia municipal"...

DEU NA COLUNA DO CÉSAR SANTOS NO JORNAL DE FATO.

Supremacia municipal
A democrata Bernadete Rêgo, três vezes prefeita de Riacho da Cruz, se prepara para voltar ao poder municipal. Será candidata no ano que vem, provavelmente, sem adversária, com apoio do prefeito Marcos Aurélio, seu sobrinho. Bernadete é sobrinha do deputado Getúlio Rêgo e prima do prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rêgo (DEM).

Bem, foi dessa maneira que Riacho da Cruz foi tratado pelo De Fato: como uma cidade que depende [vive] de uma supremacia. Da até medo! eu par ticularmente me renego e digo, não vivo assim, sequer faço parte desse tipo de pensamento. Discordo, mas respeito. 

Longe de vivermos em uma supremacia [como a de três ou quatro anos atrás...], vivemos já com sinais claros de democracia, ainda que se iniciando. 

O mundo azul-maravilha de alguns em Riacho da Cruz fecha os olhos para isso... "pra não ver passar o tempo", mas "o tempo não pára, não pára!" 

De supremacia, entendo algo que reina, impera, domina e manda sobre algo ou alguém... Assim, não posso entender que existem pessoas que me dominem. Creio que não!

Outrossim, meus conterrâneos e amigos também o dizem...

Pois bem, nobres riachocruzenses, vejam como somos tratados pela mídia regional, como pessoas dominadas, sem espírito crítico-reflexivo...

Agora, parafraseio a máxima de Descarte ["penso, logo sou"]: PENSO, LOGO SOU LIVRE! Mas o que se entende por aqui é o contrário...

Organizando em silogismo filosófico, temos: 

Onde não existir liberdade, haverá supremacia;
Em Riacho da Cruz, não existe liberdade...
Logo, Supremacia municipal em Riacho da Cruz!

Filosoficamente [organização do pensamento: lógica], a situação é analisada assim. Triste, mas...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Eleições 2012: esquenta o clima de sucessão em várias cidades do oeste potiguar


Fabrício Torquato, Minton Figueredo e Pio X - pré canditatos em Pau dos Ferros
 2012 é logo ali... dobrando a esquina.

Mesmo faltando pouco mais de 1 ano e 4 meses para serem deflagradas as eleições municipais, as especulações sobre os prováveis candidatos que disputarão o pleito de 2012 já começaram e, em alguns municípios do alto oeste do Estado o quadro está praticamente definido.

Com base em informações colhidas pelo blog junto a vários analistas políticos de alguns municípios da região, confira abaixo o provável quadro sucessório que será deflagrado em pelo menos 10 municípios do alto oeste. 

Em Rafael Fernandes disputarão:
Prefeito Nicó Júnior;
Ex-prefeito Mário Oliveira pela oposição.

Em Marcelino Vieira:
Prefeito Dr. Ferrari;
Ex-prefeito Iramar Oliveira pela oposição.

Em Riacho da Cruz:
Bernadete Rêgo pela situação;
Vereador Marcondes pela oposição.

Em Antonio Martins:
Prefeito Edmilson Fernandes;
Ex-prefeito José Júlio pela oposição.

Em Francisco Dantas:
Prefeito Gilson Dias;
Ex-prefeito Geraldo Magela pela oposição.

Em São Francisco do Oeste:
Prefeita Gildene Barreto;
Genisa Raulino pela oposição.

Em Encanto:
Prefeito Alberone Néri;
Ex-prefeito Dr. Neto pela oposição.

Em Portalegre:
José Augusto pela oposição;
Neto da EMATER pela situação.

Em São Miguel:
Nirinha Fernandes pela situação;
Salismar Correia pela oposição.

Em Pau dos Ferros:
Fabrício Torquato pela situação;
Nilton Figueiredo pela oposição;
Dr. Pio X Fernandes também pela oposição.

O quadro atual apresentado certamente mudará bastante até a eleição do próximo ano, pois o dinamismo da política indica que os adversários de hoje, poderão ser os corregilionários de amanhã. 

Mas, como o futuro é uma consequência do que fazemos no presente, a situação poderá ser definida a partir das movimentações políticas que estão a pleno vapor nos bastidores da política em diversos municípios.

O momento pode até não ser considerado para alguns como oportuno para se falar em sucessão 2012, mas que a "guerra" nos bastidores para viabilização de candidaturas já começou...

Isso sim, é fato!

Façam suas apostas.

Inscrições para o ENEM 2011 começaram hoje

 
Em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 podem se inscrever no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O processo segue até as 23h59 do dia 10 de junho, exclusivamente pela internet.
 
As provas serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro. A previsão do Inep é que o número de inscritos passe dos 5 milhões. O valor da taxa é de R$ 35, mas estudantes que estão concluindo o ensino médio em escola pública não pagam.
 

Carlos Augusto admite apoio à Larissa, filha de "A poderosa"

Deu no blog de Carlos Santos:

"Entre os nomes que pululam no noticiário e são comentados aqui e acolá, como hipotéticos candidatos a prefeito pelo "rosalbismo", ninguém parece granjear a confiança e simpatia do líder Carlos Augusto Rosado (DEM).

Seria possível o surgimento de um "tertius", nome alternativo e consensual dentro do próprio grupo?

E o apoio a alguém "de fora" estaria descartado?

No almoço de ontem em sua casa de praia em Tibau, com vereadores de Mossoró (veja postagens mais abaixo) e outros poucos convidados, pela primeira vez Carlos admitiu aceno para a "adversária" Larissa Rosado (PSB), deputada estadual.


Não pareceu uma afirmação em tom de blague ou sarcasmo:

- Ela (Larissa) pode ser a nossa candidata - afirmou, ouvido diretamente por dois vereadores.

Foi o sucificente para o vereador oposicionista Jório Nogueira esticar o braço direito a alertar Lahyrinho Rosado (PSB), do outro lado da mesa, quanto ao que ouvira: "´Viu`", Lahyrinho, ´viu` aí?"

Despertado, o parlamentar que é irmão de Larissa, tentou se imiscuir diretamente na conversa. Porém o mesmo Jório pôs-lhe freio: "Nâo, não se meta. Fique aí mesmo (...) Você é suspeito"."

domingo, 22 de maio de 2011

Igreja Católica beatifica a 'bem-aventurada Dulce dos pobres'


A imagem da religiosa baiana Irmã Dulce (1914-1992) foi revelada pela primeira vez como beata às 18h deste domingo, na missa de beatificação realizada no Parque de Exposições de Salvador.

A "bem-aventurada Dulce dos Pobres" foi recebida por dezenas de milhares de fiéis, que acenaram para a imagem com lenços brancos com a imagem da nova beata.

O rito de beatificação durou exatos 20 minutos. Primeiramente, foi feito o pedido oficial de beatificação pelo Arcebispo de Salvador, d. Murilo Krieger. Um dos religiosos presentes leu então a biografia de Irmã Dulce, nascida Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, em 26 de maio de 1914.

Cerca de 15 minutos depois, o cardeal d. Geraldo Majella Agnelo, representante do papa Bento 16 e presidente da cerimônia, leu, em latim e em português, a carta apostólica assinada pelo pontífice, oficializando a beatificação da religiosa.

O momento final do rito de beatificação ocorreu às 18h, com o descerramento da imagem de Irmã Dulce pela primeira vez como "bem-aventurada Dulce dos pobres".

O papa Bento 16 fixou a data de 13 de agosto como o dia de celebração da beata.

TODO PRECONCEITO É IRRACIONAL


Buscando o Sentido da Vida

Delze dos Santos Laureano¹

“Não se deve nunca esgotar de tal modo um assunto, que não se deixe ao leitor. Nada a fazer. Não se trata de fazer ler, mas de fazer pensar.” (Montesquieu)

Acredito que todos nós em algum momento da vida sofremos a tentação de nos perguntar qual é o sentido mesmo da vida. Meu pai, brincando, dizia que nós viemos aqui para buscar um terno de roupa. Nascemos nus e vamos embora com a roupa do corpo. Tendo a acreditar, todavia, que vamos levar mais do que o terno de roupa. Cada experiência fica fortemente marcada no nosso corpo e no nosso espírito. Não precisamos ser especialistas para perceber na nossa pele, especialmente na face, as rugas do sorriso, as expressões de raiva, ou os sinais das angústias acumuladas. Somos como as árvores, os nós denunciam tanto a idade quanto o rigor das intempéries e a nossa capacidade de lidar com tudo isso.

A cada dia aprendemos um pouquinho. O computador do corpo registra sem piedade aquilo que somos. Percebo que com o passar do tempo, olhando esses registros aprendemos a deixar de lado os preconceitos para aceitar o que de fato dá sentido à vida. Confesso que até poucos dias atrás achava a cirurgia plástica coisa supérflua, banal. Ficamos assustados com o exagero das cirurgias estéticas no Brasil. Mudei. Comecei a pensar com mais profundidade acerca do tema após ler o livro “Aprendiz do Tempo”, o livro de memórias, de Ivo Pitanguy, cirurgião que trata as pessoas independentemente da condição econômica delas. Conviver com todas as pessoas é o maior legado que afirma ter recebido dos pais e que deixará para os seus filhos.

Para começar, não posso desconsiderar o fato de que vivemos em uma sociedade capitalista. Seria mesmo impossível à cirurgia plástica não sofrer as influências da sociedade de consumo. Não é diferente com as religiões, com a família ou com os sentimentos. Quase tudo está à venda. A promessa é a felicidade imediata, desde que se tenha dinheiro para comprar os produtos no mercado. A família pode ser mais feliz, pode-se estar mais perto de Deus, ou podemos viver em um verdadeiro paraíso aqui na terra, longe de tudo o que nos traz infelicidade: violência urbana, poluição, estresse, depressão, gente diferente. Basta comprar, por exemplo, um determinado imóvel.

Mas volto ao livro. “Aprendiz do Tempo” é uma narrativa bastante interessante. Conta a história de uma vida longa, marcada por desafios, alegrias, muito sucesso, mas, sobretudo, uma capacidade imensa de sentir a dor do outro. Também a humildade de aprender em todos os momentos. Um capítulo especialmente me faz pensar dessa forma, “O incêndio do Circo”, no qual o escritor fala da tragédia ocorrida no Grã Circo Norte-Americano, em 17 de dezembro de 1961, na cidade de Niterói, Rio de Janeiro. Ele era ainda um jovem cirurgião, mas já conhecia o valor da cirurgia reparadora tendo estudado em Cincinnati, nos Estados Unidos, no Hospital Bethesda.

Começando o capítulo, Ivo Pitanguy faz uma auto-análise: “Jamais me lamento. Não me encolerizo. Não choro mais. Se chego a rir, é frequentemente de mim mesmo.” Nessas palavras vejo que as experiências marcaram profundamente esse cirurgião de incontestáveis virtudes e de vida tão repleta de realizações. Confessa ter presenciado naquele incêndio coisas que superam os mais terríveis pesadelos. Uma multidão de 2.500 pessoas, na sua maioria crianças, sucumbiu ao fogo e à falta de atendimento adequado em vista das gigantescas proporções do desastre. O saldo foi mais de 500 pessoas mortas e outras tantas vítimas irremediavelmente desfiguradas. Tragédia de dimensão inimaginável, o incêndio do circo parece ter ficado esquecido na nossa história. Confesso que nunca tinha sabido desse fato antes.

Naquele ambiente de absoluto tumulto, conta Pitanguy ter conseguido organizar um coletivo de médicos, enfermeiros e diversos voluntários que se dispunham a trabalhar, improvisando o que era necessário. Era preciso controlar a multidão. Era preciso por ordem no caos. Um hospital, cujos funcionários estavam em greve, foi reaberto para fazer funcionar um sistema de atendimento a todos os queimados. Entretanto, na memória do médico, permaneceu como um marco a história de um menino de 11 anos, surgido da espessa fumaça que formava uma muralha em torno das chamas. Gravemente queimado, parecia indiferente aos sofrimentos, com roupas em farrapos olhava para todos os lados procurando alguém. Uma enfermeira pergunta quem ele está procurando e ele responde: “Meu amigo.” Os lábios tremem, mas com olhar alucinado arremete-se novamente na direção do fogo e sem ouvir as ordens em contrário some no meio da fumaça para buscar o companheiro. Todos ficam petrificados, certos de que será impossível escapar novamente daquele inferno.

De repente, conta Pitanguy, um elefante surge do meio do incêndio arrastando panos incandescentes do circo e abre uma passagem entre as chamas. Novamente é possível ver o menino. Uma enfermeira corre então em seu socorro. Ele caminha penosamente, já no fim de suas forças, mas carrega quase desmaiado o amigo. Afirma o médico que a intrepidez e a abnegação do menino marcaram-no para sempre, pois arriscar a vida pelo outro é o mais nobre ato de um ser humano. Não há maior prova de amor que doar a vida pelo outro, ensinou há mais de 2 mil anos o mestre galileu. Naquele momento, fez o juramento de salvá-lo.

O menino, chamado Pablo, estava moribundo, as chances de salvá-lo eram praticamente inexistentes, mas durante mais de seis meses a equipe revezava em sua cabeceira, prodigalizando os cuidados que eram possíveis. Dos Estados Unidos vieram cerca de trinta mil centímetros cúbicos de pele liofilizada, doadas pelo Hospital Bethesda, reserva destinada aos feridos da marinha dos Estados Unidos. Para alimentá-lo eram necessários produtos dietéticos destinados a substituir os sais minerais que o organismo perdera. A pele liofilizada só pode ser utilizada após os enxertos homólogos devido à destruição do derma. Apesar de todos os cuidados, restava uma pergunta: Pablo sobreviverá?

Arremata o médico que terra de crendices, de superstições e de fé, o Brasil é sensível aos signos e aos presságios. Certa manhã, uma religiosa foi ao seu encontro com seus passos miúdos, mas toda exaltada, fazendo o anúncio: “Pablo vai sobreviver, doutor.” Ao que ele pergunta: “De onde vem essa sua certeza, irmã?” E ela convida-o a segui-la para mostrar, após por o dedo sobre os lábios para pedir silêncio e muita cautela. “Olhe.” Sobre o parapeito da janela como a contemplar o menino Pablo adormecido, uma pomba permanecia imóvel. A irmã anuncia: “Deus a enviou para anunciar a sua cura!” Ao que ele se pergunta: “Deus ou os nossos cuidados?” Deixa eu responder depressa: Deus nos cuidados de uma equipe dedicada e solidária. O certo é que o menino se cura e aquela experiência muda para sempre o olhar do doutor sobre tudo o que é possível compreender e fazer neste mundo.

Se eu estivesse escrevendo um texto bíblico arremataria assim: “Quem tem ouvidos para ouvir ouça!” Como não escrevo nesse gênero, limito-me a partilhar mais essa inquietação e olhar nas oportunidades que a vida nos oferece, seja nos fatos, seja nas leituras, para buscar por detrás da fumaça o que efetivamente dá sentido às nossas vidas e o que pode nos ajudar a vencer o risco do preconceito pelo preconceito. O nosso corpo, principalmente a nossa face, mostra a nossa caminhada na travessia da vida. Se para uns os sinais do tempo ajudam, para algumas pessoas marcas tornam impossível a alegria de viver. É preciso harmonizar as marcas com a alma. Acima de tudo descobrimos que nada podemos sozinhos, o trabalho coletivo é o mais humanizador. Às vezes são os elefantes os que mais contribuem em meio aos incêndios. Podem as crianças demonstram mais determinação, solidariedade e coragem que os adultos. Nos Estados Unidos também tem gente boa, e as pombas continuam, desde o episódio bíblico do dilúvio, anunciando que Deus está presente nas nossas vidas, ajudando-nos quando decidimos fazer o bem, apesar de todas as dificuldades. Todo preconceito tem o seu dia de se mostrar irracional!

Belo Horizonte, 22 de maio de 2011.

¹ - Advogada, mestre em Direito Constitucional, pela UFMG; doutoranda em Direito Público internacional, professora de Direito Agrário e procuradora do município de Belo Horizonte, MG


Nota do blog - Em minhas viagens pelo Brasil, precisamente em Rondônia-RO, tive o singular prazer de conhecer a procuradora de Belo Horizonte, Delze dos Santos. De lá para cá, cultivamos uma boa amizade e, hoje, com esmero, republico seu artigo.

sábado, 21 de maio de 2011

1ª etapa do concurso de Guarda Civil de Mossoró é homologado

Depois de longos e tácitos meses em espera, os aprovados no concurso público de Guarda Civil de Mossoró - GCM -, receberam a notícia da homologação da 1ª etapa do concurso. A homologação foi publicada na terceira página do Jornal Oficial de Mossoró - JOM.

Contudo, deve-se alertar que ainda há a 2ª etapa [Curso de Formação]... ou seja, mais m período de insistência e reivindicações junto as mídias e a Câmara Municipal de Mossoró - CMM.

Ademais, aos aprovados [aos quais me incluo honrosamente], união e estratégia para pressionar a prefeita Fafá Rosado...

Não há nada garantido até aqui.

São Paulo é a 6ª cidade em número de bilionários

Da Folha de São Paulo:

São Paulo é a sexta cidade com mais bilionários no mundo, superando cidades como Tóquio e Los Angeles, segundo a revista "Forbes". 

De acordo com o levantamento, São Paulo tem 21 bilionários (como Antônio Ermírio de Moraes e Abilio Diniz), que, juntos, acumulam um patrimônio de US$ 85 bilhões --mais que o dobro de todos os bens e serviços produzidos no Uruguai no ano passado, por exemplo. 

Pelos critérios da revista, o Rio de Janeiro aparece a seguir, com três (entre eles Eike Batista, a pessoa mais rica do país), e Londres abriga dois bilionários brasileiros. 

No ano passado, São Paulo aparecia com 14 bilionários no ranking da "Forbes", com uma fortuna somada de US$ 58 bilhões. 

Apesar da expansão de 45% no patrimônio de 2010 para cá, a cidade não é a líder na América Latina nesse critério. 

Mesmo contando com 12 bilionários menos que São Paulo, as pessoas mais ricas da Cidade do México têm uma fortuna de US$ 122 bilhões --mais da metade desse dinheiro vem do empresário Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, com US$ 74 bilhões. 

Já Rio, Santiago e Buenos Aires estão bem atrás. 

No total, 30 brasileiros apareceram na lista deste ano da "Forbes", 12 a mais que em 2010, com patrimônio de US$ 131 bilhões. 

Governo do Estado quer detentos trabalhando

Do Tribuna do Norte:
 
Os 6.697 detentos do Sistema Penitenciário potiguar custam mais de R$ 20 milhões por mês aos cofres públicos. Cada apenado demanda em segurança, alimentação, transporte e estrutura física cerca de R$ 3 mil. O secretário de Estado de justiça e cidadania, Thiago Cortez, enxerga saídas para amenizar o valor e fazer com que os presos literalmente paguem pela “estadia” nas cadeias do RN.

A informação foi divulgada pela coordenação do Sistema Penitenciário e confirmada pelo titular da Sejuc. De acordo com o coordenador José Olímpio, o número de R$ 3 mil de custo por cada detento foi estimado levando em consideração fatores como alimentação, despesas de agentes penitenciários e policiais militares, contas de água, luz e escolta.

Some-se a isso, as reformas na estrutura física ocorridas em virtude das recentes rebeliões e tentativas de fuga em diversas unidades prisionais. O presídio provisório Raimundo Nonato, o complexo penal João Chaves e o presídio estadual de Alcaçuz tiveram grades destruídas e túneis escavados em suas celas.

O valor é considerado exorbitante e a Sejuc já analisa saídas para amenizar a situação. “Estamos com projetos para empregar os detentos e destinar parte dos salários para o Sistema”. Um das opções mostradas pelo coordenador Olímpio é a utilização de um espaço de 600 hectares da cadeia pública Mário Negócio, em Mossoró, para a agricultura, apicultura e marcenaria.

“É uma área extensa e que seria bem aproveitada para a agricultura e posterior alimentação da população carcerária. Já fizemos o contato com a secretaria de Estado responsável por essa área”, disse.

O secretário Thiago Cortez também mostrou a intenção de retomar os projetos que empregam os detentos, até mesmo dentro das cadeias. “Estamos viabilizando o retorno de projetos, os quais tinham fábricas dentro das penitenciárias. Assim, 20% do salário seria destinado para o Governo além da existência da remissão”, afirmou Cortez, esclarecendo que remissão faz referência a um desconto alcançado na pena por cada dia de trabalho.

Atualmente, apenas o presídio de Alcaçuz conta com projetos ativos, porém enfraquecidos. A iniciativa “Pintando a liberdade” produz cerca de 15 mil bolas esportivas por ano, mas deixou de remunerar os apenados desde o ano passado por razões desconhecidas. O desestímulo é evidente e a produção deve cair em 2011.

O projeto “Reciclar e renascer” remanufatura cartuchos na unidade em Nísia Floresta e abastece a Sejuc, a Defensoria Pública e as centrais do cidadão.

Cortez esclareceu que a reativação e a ampliação de projetos como esses, que atingem hoje menos de 3% dos apenados, são uma meta da sua gestão. “Estamos buscando iniciativas privadas para a instalação de mini-fábricas nas unidades. O que irá gerar uma  economia no orçamento”.

“Não vou deixar entrar drogras só para acalmar presos”

Para o secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Thiago Cortez, as recentes tentativas e fugas das unidades prisionais do RN são conseqüências de uma forte fiscalização por parte da Sejuc. “Não vou deixar entrar drogas e celulares só para os presos ficarem calmos e falarem ao celular de dentro das celas. A insatisfação surgiu a partir do momento em que parou de existir a regalia desses produtos”, argumentou.

Para ele, os agentes penitenciários têm sido mais incisivos nas busca por entorpecentes e aparelhos eletrônicos. “Vejo uma ligação direta dessa busca com as tentativas de fuga. Os agentes estão buscando combater a corrupção  até mesmo entre eles”.

O secretário, no entanto, não descarta a superlotação como motivo para a classificação do cenário prisional como insuportável. O RN possui um déficit de mais de 4 mil vagas, tendo disponível pouco mais de 2 mil lugares nas cadeias. Uma possibilidade de desafogamento é a liberação da nova ala de Alcaçuz, que dispõe de 400 vagas. “Estamos negociando junto à Justiça a liberação parcial da ala. Mas ainda não há previsão”, declarou Cortez.

Mais de 25 detentos escaparam de unidades prisionais, principalmente na região metropolitana da capital, em pouco mais de um mês. Cerca de 10 tentativas foram registradas somente nas últimas duas semanas, tendo como foco o presídio provisório Raimundo Nonato e o complexo penal Dr. João Chaves, ambos na Zona Norte de Natal.

Ex-deputada Nirinha Fernandes disputará prefeitura de São Miguel


Enquanto o Rio "GREVE" do Norte pára,  os municípios se preparam para a guerra de 2012. Dessa vez, o foco é São Miguel,  lá na tromba do elefante.

A ex-deputada estadual Nirinha Fernandes, esposa do deputado estadual Raimundo Fernandes, disputará a Prefeitura de São Miguel em 2012. Ela será apoiada pelo atual gestor Galeno. A ex-parlamentar deverá compor chapa com Dario Vieira (PP), que será o candidato a vice.

Na oposição, Nirinha deverá enfrentar o ex-deputado estadual Salismar Correia e o ex-prefeito Acássio Filho.

Refletindo: Sistema prisional do RN...


No Rio "GREVE" do Norte, cada apenado de nossos sistema prisional, implica em gastos para sua segurança, ressocialização, transporte, alimentação... Aglo que resulta em torno de 3 mil por mês

Os 6.697 detentos do Rio "GREVE" do Norte custam cerca de 20 milhões  aos cofres públicos [por mês!]

Gasta-se mais com eles do que com estudantes...

E mais: o gasto que o governo tem com cada preso é 3 vezes maior de que o salário dos professores!

Nosso sistema prisional não tem alternativas para diminuir esses gastos.

Estamos no Rio "GREVE" do Norte...

CINECLUB - Mossoró: "Alguém para dividir os sonhos"

Neste sábado, 21, o Cineclube Mossoró exibe o filme “Alguém para dividir os sonhos” (The Saint of Fort Washington), no Hotel VillaOeste a partir das 19hs. Logo após a sessão haverá o clássico debate. A entrada é gratuita.
 
SINOPSE
 
Liberado de um hospital psiquiátrico, o ingênuo e bondoso Mattew (Matt Dillon) é obrigado a passar a noite no abrigo de indigentes chamado Fort Washington, onde conhece Jerry (Danny Glover), um veterano do Vietnã que perdeu emprego e família. Nasce uma grande amizade entre os dois, que tentam ganhar a vida de uma maneira digna, valendo-se do bom humor para conseguir uns trocados limpando pára-brisas nas ruas de Nova York. Assim, vão juntando dinheiro para começarem uma nova vida.
 

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Aprovados pressionam e a homologação de concurso da Guarda Municipal pode sair hoje

Cansados de esperar e ainda sem solução para o caso, os aprovados no concurso da Guarda Civil municipal resolveram reagir. Na manhã de ontem, eles procuraram os vereadores de Mossoró para pedir ajuda.

Um dia antes, na quarta-feira, 18, alguns dos aprovados assistiram a sessão na Câmara Municipal vestidos de roupas vermelhas. A intenção era fazer referência onda de violência na cidade.

“Viemos pressionar pela nossa convocação que pode amenizar um pouco a questão da violência”, relata a aprovada Lilian Cynthia.

Na manhã de ontem, eles voltaram à Casa para uma reunião fechada com os parlamentares. Participaram os vereadores Lahyre Neto, Genivan Vale, Jório Nogueira e Claudionor dos Santos.

De acordo com Cynthia, o encontro foi bastante positivo. “O vereador Claudionor informou que amanhã [hoje] sai a homologação do concurso”, conta.

Apesar do avanço, os aprovados não ficaram satisfeitos por não saberem uma data exata em que serão convocados. “Desde novembro esse processo está se arrastando e a gente está sofrendo com isso. Se não fosse essa nossa mobilização, acredito que as coisas ficariam do mesmo jeito”, relata o aprovado Rivanildo Queiroz.

Ao fim da reunião, os candidatos, junto com os vereadores, elaboraram um ofício com vários questionamentos. O documento foi assinado por todos e enviado à Secretaria de Defesa Social - responsável pela realização do certame. A secretaria tem um prazo de 15 dias para esclarecer todos os pontos.

“Se não houver celeridade, vamos ter que acionar o Ministério Público. Não se trata de uma ameaça, mas sim de uma questão de direito”, ressalta Cleverson Gois.

Assim como os outros aprovados, Cleverson aguarda ansiosamente pela convocação. “Eu trabalhava em uma empresa que presta serviço a Petrobras e há uns dois meses deixei o emprego para ficar aguardando ser chamado e até agora nada – só promessas”, destaca.

Mobilização para combater a exploração sexual de crianças e adolescentes leva população de Riacho da Cruz às ruas.

 

http://4.bp.blogspot.com/-qLQtOUUIpuQ/TdZiVUQahvI/AAAAAAAAGH0/A2OWOA4B_Aw/s1600/Fa%25C3%25A7a%2BBonito%2B01.JPG
A Prefeitura de Riacho da Cruz, através da secretaria de Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Educação, CRAS, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), PROJOVEM, Conselho Tutelar, Agentes de saúde e alunos da rede municipal de ensino, realizou na manhã desta quarta-feira, 18 de maio, Caminhada de mobilização contra a exploração e violência sexual de crianças e adolescentes, em alusão a data lembrada em todo o país.
 
http://2.bp.blogspot.com/-_Sax16Xxts8/TdZiVWU8_8I/AAAAAAAAGH8/mdeEbYPkIgU/s1600/Fa%25C3%25A7a%2BBonito%2B02.JPG
 
Depois uma vasta programação que começou na última sexta-feira, com visitas à instituições, palestras e oficias sobre o tema, os alunos da rede municipal de ensino e a população em geral participaram de caminhada pelas principais ruas da cidade com o objetivo mobilizar a população para a percepção do grave problema que é o abuso e a exploração infantil.
 
http://1.bp.blogspot.com/-EFN4K9fEFn4/TdZiV9PxryI/AAAAAAAAGIE/ycZ5jZE-_0o/s1600/Fa%25C3%25A7a%2BBonito%2B03.JPG  

RESULTADO DA ENQUETE EM QUEM VOCÊ VOTARIA EM 2012 SE FOSSE CANDIDATO?

Portal de Riacho da Cruz

1º GILSON AMORIM:  44 VOTOS (17%)
2º MARCONDES OLIVEIRA: 40 VOTOS (15%)
3º ALIATÁ JR: 40 VOTOS (15%)
4º JOSÉ DE LOLA: 31 VOTOS (12%)
5º RILLEN ROSSY: 31 VOTOS (12%)
6º NEGÃO: 23 VOTOS (9%)
7º ANDRÉ DO BLOG: 23 VOTOS (9%)
8º OSVALDO RODRIGUES: 7 VOTOS (2%)
9º BORRACHEIRO: 7 VOTOS (2%)

Blog do Rillen Rossy

1º RILLEN ROSSY: 45 VOTOS (18%)
2º GILSON AMORIM:  38 VOTOS (15%)
3º MARCONDES OLIVEIRA: 37 VOTOS (14%)
4º JOSÉ DE LOLA: 34 VOTOS (13%)
5º ALIATÁ JR: 33 VOTOS (13%)
6º NEGÃO: 24 VOTOS (9%)
7º ANDRÉ DO BLOG: 22 VOTOS (8%)
8º JOSÉ LÁZARO: 5 VOTOS (2%)
9º MANOEL RÊGO: 5 VOTOS (2%)
10º BORRACHEIRO: 5 VOTOS (2%)

Greve na UERN


Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão,
Enfim


Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim


Queixo-me às rosas,
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai
Devias vir

Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim

Ao som de "as ROSAs não falam" [Cartola], representantes dos técnicos adiministrativos e da AUERN, divulgaram a assembléia de hoje que deliberaria sobre a greve na UERN. Pois bem, fui a assmbléia e cheguei a gora a pouco com o resultado oficial, apresentado em ata da instituição.

Como a audiência com Rosalba (DEM) foi "frustrante", como declarou o presidente da ADUERN, já se havia grandes  e consolidados humores de que a greve seria hoje. Porém, com um discurso diplomático, a direção da categoria mostrou-se veemente e decidida e que aguardaria o prazo de 10 dias, solicitado pela governadora, para entrarem em greve.
Ontem a noite, Rosalba Ciarlini entrou em contato com o reiot da UERN, Milton Marques, que intermediou a última negociação. Na conversa entre reitor e governadora, ela solicitou que a categoria esperasse 0 dias [30 de maio] para uma nova proposta. Em parte, a categoria acordou, no entanto com restrições. Esperarão sim os dez dias, mas para terem suas pautas cumplridas, do contrário, greve!

Particularmente, pela atual conjuntura do estado e, mais, pelo perfil da governadora, a greve é tida como certa.

Portanto, organizemo-nos para férias improvisadas...

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Governo mantém discurso de dificuldade econômica e frustra professores da Uern

A representação dos professores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) saiu frustrada da audiência com o secretário estadual de Planejamento, Obery Rodrigues, sobre reajuste salarial.

O encontro ocorre nesta quinta-feira (19) em Natal.

Segundo o presidente da Associação dos Docentes da Uern (Aduern), professor Flaubert Torquato, a categoria esperava mais do Governo do Estado sobre a pauta de reivindicação encaminhada há cerca de 45 dias.

Um dos principais pleitos diz respeito ao reajuste salarial e descontigenciamento do orçamento da universidade, que atravessa crise financeira.

 
“Saímos da audiência frustrados, porque o governo pediu um tempo para avaliar nossas reivindicações e, após mais de mês, o que apresenta é o discurso surrado de que está em dificuldade financeira e não pode dar nada de reajuste”, avalia o professor.

 
Amanhã, às 9h, a Aduern realiza a assembleia, na sede da entidade, para repassar o resultado da audiência aos professores e definir os próximos passos da mobilização.

 
A intenção, segundo Flaubert, é insistir no diálogo com o governo. Se não houver avanço, a greve parece ser a única alternativa para pressionar o governo a ceder.

 
Fonte: O Mossoroense

Aprovados no concurso público da Guarda Civil Municipal cobram convocação da Prefeitura


Do jornal O Mossoroense:

Na manhã de ontem, 18, um grupo de candidatos aprovados no concurso público para o cargo de Guarda Civil do município foi à Câmara Municipal de Mossoró (CMM) para reivindicar apoio dos membros do Legislativo no que se refere à convocação dos aprovados. Desde o final do ano passado, os 100 candidatos classificados aguardam a convocação da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) para realização do curso de formação.

Conforme Railson Silva de Souza, aprovado para o cargo de Guarda Civil Municipal, até agora só houve especulações sobre a convocação dos candidatos. "Nada oficial foi dito. É uma injustiça, pois passar no concurso público requer todo um preparo anterior de leitura, estudo e muita dedicação. Por isso queremos ser chamados", reclama.

Lílian Cynthia, também aprovada no concurso, conta que o principal motivo da mobilização é mostrar ao poder público a indignação quanto ao descaso na contratação dos candidatos aprovados. "Desde o começo do ano, eles (Prefeitura) não deram justificativas consistentes para a demora da convocação dos aprovados para a realização do curso de formação. Sempre remarcando a cada quinzena uma nova data", revela.

Para ela, a morosidade está resultando nas deficiências da segurança pública do município, tendo em vista ao aumento da violência na cidade. "Até ontem 80 homicídios foram registrados. Com tudo isso acontecendo, a Guarda Civil está inoperante. Ela poderia dar um suporte na segurança, já que os guardas estarão em praças, escolas e outros pontos", ressalta Lílian Cynthia.

Mesmo após terem se submetido às provas intelectuais, físicas e psicológicas, acabado todo o processo de seleção a PMM ainda não convocou as 100 pessoas do total de candidatos classificados, como previa o edital.

Em conversa com os candidatos, o vereador Lahyre Rosado Neto (PSB) declarou que apoia o ingresso dos aprovados do concurso da Guarda Civil. "Neste cenário de insegurança que assola Mossoró, a estruturação da Guarda Municipal é de suma importância para ajudar a mudar a realidade. Não que os guardas tenham que atuar diretamente no combate à criminalidade, uma vez que isso é papel da polícia. Mas só a presença deles nas ruas ajudam a coibir a ação dos criminosos", comenta.

Ainda durante o encontro na CMM, ficou decidido que o vereador Claudionor dos Santos (PDT), líder do governo no Legislativo, iria requerer dados da questão junto à Prefeitura e Defesa Social, para serem repassados aos selecionados em uma reunião que ficou agendada para hoje, às 9h, na sede do Legislativo. Além de tratar de encaminhamentos sobre o impasse, os vereadores juntamente com os candidatos aprovados irão encaminhar um ofício à PMM solicitando informações precisas e um posicionamento oficial sobre a questão.

Os candidatos lembraram que existe um projeto de lei de autoria do vereador Lahyre Rosado Neto em tramitação da Câmara que prevê a convocação imediata dos aprovados em concurso público. "É importante que esse projeto seja aprovado e que outros candidatos não passem por essa situação. Cumprimos todas as etapas do concurso e fomos selecionados e temos o direito de assumir o cargo", frisa Railson.

Diante do impasse, a equipe de reportagem do jornal O Mossoroense tentou indagar o secretário municipal da Defesa Social, Antônio Alber da Nóbrega, se há previsão para realização do curso de formação e início das atividades dos aprovados no cargo de Guarda Civil. Entretanto, a equipe foi informada que o titular estava em reunião. 

Conjuntura educacional do RN

video

86 homicídios em Mossoró em 211



Impressionante... Enquanto eu pensava que eram 80, o número oficial, segundo o jornalista Cesar Alvez, é 86 assassinatos...

De fato, Mossoró é o país da bala...

Clique aqui para ler a lista dos assassinatos.


quarta-feira, 18 de maio de 2011

Retrato da violência em Mossoró

Só este ano em Mossoró, já são 86 assassinatos... uma média de mais de 4 por semana...


Salve-se quem puder!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...